segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Aceitei Um Encontro Sem Perceber - Vida de Ace

Uma história da série: Vida de Assexual(ace)
Imagine a situação, você blogueira e dona de página eventualmente pode acabar criando laços cordiais de coleguismo ou trabalho ou amizade com as pessoas que conversam, fazem parceria ou são participantes ativos no seu mundo virtual, sempre presentes em suas redes e trabalho virtual.
E não é raro acontecer de você conhecer, esbarrar ou comparecer a um evento onde estas pessoas também estejam, seja como público ou "expositor" ou membro de equipe que trabalha no evento.
Pois bem, lembrei de uma história que me fez rir muito tempo depois e decidi compartilhar aqui. Quem me acompanha há um tempinho ou já fuçou o conteúdo do meu canal e páginas sabe que amo star wars, Doctor Who, Star Trek, Rock, Poesia,Livros e afins,  dentre muitas outras coisas. E um dia eu fui num evento desses, relacionado a um desses temas e encontrei uma pessoa que eu só conhecia online e fui cumprimentar e elogiar o trabalho.
Quem acompanha também já deve ter visto que posto sempre algo relacionado a assexualidade, guarde esta informação.  O evento era maravilhoso, muita coisa para ver e ler e consumir e quando lá pelas tantas esbarrei de novo com a pessoa que me diz: você vai ficar até o final? Vai fazer algo depois? Eu ainda pensando....e a pessoa solta, uma mina me falou que tem um restaurante/café/livraria por aqui que tem uma estátua do Yoda em tamanho real...eu já WHAAAAT?! Mano me diz onde é que vou lá agora! Aí o cara disse poxa eu também quero ir, vamos juntos quando acabar. Eu falei ok.
Pegamos um táxi e o cara não tinha o endereço, não sabia o nome direito, fomos pro meu hotel, no hall tinha um computador, procurei ali, achei o endereço pegamos outro táxi e fomos...
Só que na época eu estava apaixonada por uma pessoa que conheci online e era correspondida e eu ia encontrar com essa pessoa assim que possível que morava num estado beeeem longe do meu. O que eu não sabia na época é que eu sou assexual....
Pois bem o cara sabia desse meu lance platônico online e que eu gostava do outro cara, e depois de ver a livraria, o material nerd de lá, ver o Yoda e tirar foto, sentamos para comer e beber algo. Aí quando o cara me pergunta de vida amorosa falei que estava na mesma, apaixonada por um cara online kkkkkkkkkkk mas mesmo assim ele chegou em mim e eu fiquei WTF?! E sem entender bem falei:
Hey! Nera pra ver o Yoda que a gente veio aqui? Nera? E o cara riu, enfim....era um encontro e eu não sabia mesmo. Virei e falei algo que acho que até hoje ele não entende. Expliquei que quando eu gosto/amo/me apaixono, independente de estar ou não com a pessoa em um relacionamento, por estar apaixonada por aquela pessoa, nenhuma outra me interessa ou me atrai....Eu era assexual heterorromântica gray A, sex positive(assexual, encurtando ace que faz sexo sim, em determinadas circunstâncias, algo bem individual que varia de ace para ace).
O cara não entendeu, mas eu sou assim, se tô gostando de uma pessoa, não vai rolar nada com outras. É minha natureza e por ser assim eu não vi maldade, não percebi que o objetivo não era o Mestre Yoda...me senti tão estúpida depois por não ter entendido ou visto maldade que logo fomos embora. E desde então essa coisa de ir a eventos é algo que não me atrai muito. Prefiro shows ou palestras ou ações comunitárias.
Então não é porque alguém aceitou um convite seu que você vai ficar com a pessoa. Eu sou ace e nerd se não me falarem claramente eu não vou maldar, não vou achar que está interessado em mim, mas infelizmente isso não me impede de me interessar pelas pessoas e ficar ali sentindo um monte de coisa sem a pessoa fazer ideia da minha vontade de sair e conhecer melhor, saber mais sobre elas....
Vida de ace nerd é difícil viu ♥♠










Beijões Gordos,

Claudia Rocha GorDivah
Snap: gordivah