quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

GORDA NÃO É DOENTE

Já adianto: "O PESO ISOLADAMENTE NÃO É INDICATIVO DE DOENÇA"

"O PESO ISOLADAMENTE NÃO É INDICATIVO DE DOENÇA" Pra mim não é novidade, mas para os papagaios da área de saúde, ex gordos ou gordos ou qualquer ser gordofóbicos pode ser um "OHHHH que absurdo"
Só uma OBS  gordofobia também é negar acessibilidade ao gordo, excluir socialmente o gordo, silenciar e negar espaço na sociedade.

E já adiantamos:

O PESO ISOLADAMENTE NÃO É INDICATIVO DE DOENÇA

e o corpo ideal para aparecer na capa de uma revista é aquele que você tem ;)

Gordofobia: aversão ou repulsa ao corpo gordo. Segundo estudos, esse tipo de preconceito aumentou nas últimas décadas, mas é difícil reconhecê-lo como tal porque geralmente aparece travestido de elogio ou preocupação - afinal, "você tem um rosto tão bonito, por que não emagrece?". Na edição de janeiro da GALILEU, analisamos essa intolerância, os vários fatores que colaboram para disseminá-la e as consequências que ela têm. E já adiantamos: o peso isoladamente não é indicativo de doença e o corpo ideal para aparecer na capa de uma revista é aquele que você tem ;)

A edição 306 traz ainda um dossiê sobre a justiça brasileira, uma análise do armazenamento de dados na internet, um bate-papo sobre o respeito à cultura indígena e muito mais. A revista já está nas bancas, e você pode assiná-la por aqui: http://bit.ly/27SMPUt

Ou baixar o app para ler a edição no seu celular: http://app.revistagalileu.globo.com/












Beijões Gordos,

Claudia Rocha GorDivah
Snap: gordivah