quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Dia do Gordo: pelo Direito de Ser Quem Eu Quiser!!



Parabéns a todos os gordos que diariamente sofrem preconceito, se espremem para caber nessa sociedade gordofóbica, não se rendem e seguem em frente! Ser quem somos não é errado e ninguém tem nada a ver com as nossas escolhas! Que vocês tenham sempre força e coragem para enfrentar esse mundo em miniatura e nunca mais se calem diante do preconceito. 


A imagem abaixo foi postada nas páginas que administro e um senhor magro não entendeu a proposta resolveu simplesmente tentar nos atacar e silenciar, afinal uma gorda que se ama e resolve despertar outros gordos pro fato que não há nada de errado com eles só pede estar louca e está agindo de modo irresponsável na opinião dessa sociedade gordofóbica....


Vocês não precisam se justificar pra ninguém e não precisamos de procuração de gordos para nos unirmos e soltarmos nossa voz exigindo mais respeito com os indivíduos gordos! O print ilustra claramente o que gordofóbicos incomodados com gordos de atitude fazem todo santo dia: caçam postagens de gordos e inventam motivos pra tentar nos silenciar, se acham superiores por terem porte físico diferente do nosso e  simplesmente não aceitam que estamos nos tornando cada dia mais conscientes dos nossos direitos e espaço na sociedade! Gordofóbicos sempre vão odiar e atacar e tentar desmerecer tudo que fazemos, não vamos conseguir mudar a mente dessa gente ignorante, mas podemos e devemos mudar a nossa!

Desapegue  dos seus preconceitos em relação a si mesmo, jogue fora todo lixo de preconceito que a sociedade te empurrou goela abaixo desde que você se entende por gente! Pare de repetir pra si mesmo as mentiras do padrão de beleza ditado pela mídia, dê um basta na falta de amor próprio e baixa autoestima! Não é errado ser gordo! Não é feio ser gordo! Gordo não é ofensa! Gordo não é xingamento! Gordo não é palavra ruim! Chega de enxergar-se no espelho de modo deturpado! Chega dessa escravidão alimentada pelas revistas femininas e indústria da beleza! Basta! Você é bonita como é e não importa o que a sociedade anorética e bulímica diz!

Liberte-se de seus próprios preconceitos hoje! Pare de se menosprezar e colocar pra baixo por causa de seu peso ou número de manequim, números, dígitos não traduzem seu valor, você é muito mais que dígitos! Com dobrinhas, celulite, estrias, cicatrizes, tatuagens, pintas, sinais ou sardas você é linda e perfeita e única! 

Pelo direito de ser quem eu quiser, inclusive gorda! Que sejamos gordos sim e livres do nosso próprio preconceito e percepção errônea que nosso valor depende de quanto não pesamos. Chega de ser prisioneiro da ditadura da magreza e ouvir calado que não somos bons o bastante! Solte a sua voz! Não se omita da luta contra a gordofobia! Não menospreze os mais gordos que você, pra sociedade não existe gordinho ou gordão, somos todos gordos e estamos no mesmo barco! Precisamos nos unir e lutar pelos nossos direitos e espaço!


Liberte-se do ódio de si mesmo, da baixa autoestima, da ideia errada que você não é bonita, que não é boa o bastante, chega de depender da validação alheia, chega de depender de elogio dos outros pra conseguir se sentir bem consigo mesma, chega de acreditar que a vida só vai começar quando emagrecer, chega!!!

Sua hora de ser feliz e realizada é agora e não importa qual o seu peso! Você é linda independente do photoshop nas capas de revistas, mesmo em cima de corpos talhados com procedimentos estéticos! 

Seja livre de tudo que te oprime e tenta te jogar pra baixo! Dê um basta na opressão hoje e nunca mais aceite ser alvo de gordofobia, solte a sua voz, defenda-se, imponha-se e nunca mais se cale diante de gordofóbicos, ninguém tem o direito de te oprimir ou humilhar por conta de seu porte físico, ninguém!






Beijões Queen Size,

Claudia Rocha GorDivah