terça-feira, 3 de março de 2015

Saudade e Esperança

Em vez de dormir comecei a sentir saudade. E tomei um susto pois pensei que depois de tanto tempo ela teria morrido, mas estava apenas em coma. E foram tantas saudades e lágrimas e aperto no coração que o sono fugiu.
Sinto falta de quem eu era, falta daquela coragem ou loucura que me fazia dar sempre 200% de mim. Deixar de acreditar criou uma grande lacuna em mim. Ouso até dizer que posso estar bem perto de deixar de me importar com os gigantes que me chamam à luta.
A verdade é que não consigo mais acreditar nas pessoas e suas boas intenções. E não tenho mais força  para permitir que alguém se aproxime o bastante para me machucar de novo e de novo. Me isolei e ser obrigada a sair agora desse isolamento não me agrada em nada.
Eu não sei fingir, sorrir sem vontade ou simular afeto, embora tenha amor transbordando dentro de mim. Eu desaprendi a acreditar. E tudo porque escolhi mal em quem confiar. Não fui capaz de enxergar o egoísmo, mentira, falsidade que existiam em seus corações e hoje ainda estou em reabilitação, pois não consigo baixar a guarda.
Quando você pedir que ela te ligue, envie SMS, chame online e ela enfim começar a fazer isso e você a ignorar não se espante se ela não topar joguinhos de sedução, uma mulher não faz joguinhos ela demonstra o que quer e caso não seja correspondida ela não vai disputar você com outras, ela simplesmente sairá de cena. E não adianta depois reclamar e falar que você não quer perder contato com ela.
Não adianta falar que os melhores dias da sua vida foram com ela quando você a trata sem respeito, amor ou consideração. Não adianta dizer que a ama quando tudo o que fez foi manipular e mentir e ser cruel desde o início.
E apesar de tudo isso, recebo a visita da Saudade e Esperança. Enquanto a primeira me coloca no colo e enxuga as minhas lágrimas, a segunda me faz um cafuné e diz que tudo ficará bem e que cada dia é um recomeço. Que uma hora as coisas dão certo e quando isto não acontece não devemos nos lamentar, mas aprender e seguir em frente.
E já sem forças acabo adormecendo e sonhando com outro alguém. E neste sonho tudo foi diferente e pude pensar: Caramba! Até que enfim ele me achou! Acordo então ao som de Nando Reis com um baita sorriso estampado no rosto e pensando que talvez seja a hora de enfim acreditar, de novo. ♡





Beijões Queen Size,