terça-feira, 31 de março de 2015

Magda Araújo - Desabafo Queen Size, Body Positive




Recebi por inbox o depoimento da Magda e decidi incluí-lo no Desabafo pois não deixa de ser um, em tom body positive. Se quiser enviar  o seu desabafo é só entrar em contato pelo inbox da Fan page do Blog GorDivah e botar a boca no trombone. Seu desabafo será publicado no álbum Desabafo Queen Size


 Na verdade o que venho deixar não é um desabafo e sim um testemunho. Tenho 37 anos de idade, nasci com mais de 4 kilos, fui sempre gordinha desde que me conheço por gente. Vejo milhares de mulheres gordinhas se auto condenando a viverem uma vida infeliz e culpam o peso. Sempre fui a gordinha com cara de boneca, ser gorda nunca me impediu de ser feliz, altos e baixos estão na vida de qualquer pessoa seja ela gorda ou magra. Quantas vezes o menino que eu gostei não gostou de mim? Muitas. Mas isso acontecia também com minhas amigas magrinhas. Diferente era que apesar de gordinha. Sempre fui a garota que os meninos achavam divertida, boa de papo e isso sempre fez com que desde cedo eu me destaca-se no meu grupo de amigos. Namoro desde os 14 anos, tive grandes amores e dispensei muitos homens, alguns que eu não amava e outros que não mereciam o meu amor. Homem pra estar do meu lado tem que me amar por completo. Corpo, alma e coração. Assim namorei. Casei. Descasei e hoje vivo um amor pleno, tenho um filho lindo e pasmem continuo gordinha, hoje muita mais que antes. Pergunta se meu marido me troca por duas magrinhas? Não tenho vergonha de me amar, de ser amada, de ser sexy com as minhas dobrinhas, de ser ousada na cama e na vida. Homens gostam de mulheres de atitude, ser sexy é muito mais importante do que se achar bonita. Beleza o tempo leva, ser sexy é atitude e a gente leva pela vida toda. 

Beijos Guida amiga Queen Size, 






Beijões Queen Size,

Claudia Rocha GorDivah