segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

O Mundo Plus Size Não Me Representa!



Não me representa pois não me identifico com a futilidade do mesmo e preconceito descarado que existe entre gordinhas e gordas de verdade! Você pega um catálogo de uma Loja Plus Size e vê modelos que vestem 42 posando. E se chamam de gordas!!!? Numa boa, ser plus size virou modinha. Todo mundo agora é Plus Size. Mulheres com um pouco de sobrepeso, uma leve barriguinha se denominam gordas e começam a escrever, falar, criticar as gordas de verdade. Só se preocupam com parcerias que possam fazer com lojas de roupas  e não se engajam de verdade na luta!

As gordas já são incompreendidas pela sociedade, agora esse novo lance de fogo amigo é novidade pra mim. Se você tenta ajudar quem está passando por essa luta contra o preconceito, te acusam de estar praticando autoajuda. Se a gorda reclama de preconceito que sofre, é frescura. É muito fácil ridicularizar uma situação quando você não passa por ela. É fácil fingir que a gordofobia não existe, quando você não lida com ela no seu dia a dia, nem faz nada para combatê-la. São poucos sites que vejo abordando a questão do preconceito com mente aberta, reconhecendo a necessidade de ajudar as gordinhas a recuperarem a autoestima, espalhando a idéia que há beleza em todos os corpos, ajudando várias mulheres a se aceitarem.

O que mais vejo são campanhas, catálogos, lookbooks, concursos e desfiles que mostram mulheres com pouco sobrepeso, algumas raras gordinhas que só aparecem se já forem conhecidas no mercado. E a grande maioria ali fez plástica, gastroplastia, emagreceu até ficar o ponto de ter pouquinho sobrepeso e se chamam de gordas, porque precisam perder ainda 6 kg para atingir o peso ideal....francamente! Os donos das marcas não tem bom senso! Se a sua loja vende roupas do 42 ao 54, por que no catálogo não vemos alguém que use manequim 52, 50 ou 54? Fora as lojas que entraram na modinha Plus e divulgam: Olha nós temos linha plus.....Aí você vai e pergunta até que número vai e ouve a resposta: do 42 ao 48! E as consumidoras acima do 50, não existem?

Infelizmente o que mais vejo são gordinhas eternamente insatisfeitas que só sabem falar em emagrecer, que menosprezam as outras que usam números maiores. O mundo Plus atual é um mundo de fantasia, querem gordas siliconadas, plastificadas que não sejam gordas de verdade, mas tenham um pouco de sobrepeso só para não dar muito na pinta. Um mundo de deslumbre onde o que importa é ser conhecida e lucrar com isso.Um mundo onde as pessoas só te procuram quando querem que você divulgue algo, mundo em que as pessoas esquecem quem as ajudou  divulgar o trabalho. Mundo onde talvez as gordinhas sejam as mais preconceituosas, pois não se aceitam e não toleram que outras se aceitem com são...Um mundo de competição, páginas rivais, blogs rivais.....que besteira gente! Quando mais  nos unirmos, mais vamos progredir na luta contra o preconceito! Tem gente que tem a caroça de me pedir pra divulgar as coisas e quando peço pra divulgar nosso site, o canal, nada acontece...falo nada, só observo!

Por isso e muito mais eu afirmo: esse mundo plus size atual não me representa! Salvando algumas raras exceções de páginas parceiras, páginas onde sou CDC e grupos que participo e vejo que as pessoas tem noção de que precisamos nos unir para vencer o preconceito.