segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Coração Fantasma

Um coração partido arrancado do peito e pisoteado é um membro fantasma, ele não está mais no seu corpo mas você ainda o sente lá. Gelado, dolorido, apertado dentro do peito. Ele dá um nó na sua garganta, mareja seus olhos fazendo você lembrar de quem nunca lembrou de você de verdade, te lembra que você ainda ama quem não te amou e isso drena suas forças, torna até o simples ato de respirar algo difícil demais, o ar parece tão pesado...

Decidi não consertar mais meu coração, vai ficar do jeito que está mesmo, com os cacos de saudade, descaso,  tristeza, esperança dissolvido em lágrimas que não cessam. Eu te aceito meu coração em cacos, moído, destruído, te aceito e não vou mais tentar te consertar, pois não adianta perder tempo consertando algo que vai quebrar de novo. Te aceito com todo amor que ainda comporta, com toda a saudade que te faz pesar, com cada pedaço que falta e caco que faz sangrar.

Um dia você vai parar de sangrar, se tornará mais leve e voltará alegre ao meu peito. Um dia alguém vai cuidar de você com carinho e vez de pisar em você. Um dia essa saudade vai passar e esse amor vai  virar outra coisa, mas não hoje, não hoje.




Beijões Queen Size,