segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Oh Você É Gorda, Deixe-me Salvá-la! - Sai Fora! Me Deixa Ser Gorda! E Feliz!


Desde quando minha gordura dá a você o direito de achar que eu preciso que me salvem de alguma coisa? Hein hein hein? Numa boa tô de saco cheio já desse papo de " você precisa emagrecer, seu rosto é tão lindo, você é tão simpática e confiante que se fosse magra ficaria com você, nossa você vai comer mesmo isso, por que você não faz uma dieta...." Ou a melhor de todas, em pleno rodízio solta: noooossaaaa mas você está com apetite mesmo hein! Não vai passar mal não? - Vem cá, as pessoas vão no rodízio para quê? Sinceramente, me diz! Acho que pagamos caro pelo rodízio pois nos serviremos de uma variedade de alimentos e também de uma grande quantidade, se assim quisermos. Ou eu estou louca? Vou pagar caro para comer meia fatia de pizza de muzzarela com orégano e no máximo tomate? Acho que eu devo ser de  uma espécie alienígena que acumula gordura até pelo cheiro e pensa: já que é para engordar que seja comendo!

Na última vez que fui em companhia de magros irritantes(chamo assim os magros que não comem e nem querem te deixar comer ou aqueles que comem e não engordam) me senti mal de tanto ficarem me regulando e estava com um vestido mais curto, o que acabava deixando uma parte de minhas coxas à mostra, o falatório foi tanto que uns caras que estavam na mesa logo atrás de mim ficaram encarando minhas coxas gordas e falando alguma coisa que ainda bem que não entendi, enquanto eu sem jeito tentava puxar um pouco o vestido, sem sucesso. Até que me irritei, olhei para eles de cara fechada como quem diz: dá pra parar de ficar olhando, ou tá difícil?! Nunca viu uma gorda de vestido não!!??

Ilustração: Negahamburguer - Amo os desenhos dela!


Não é todo dia que acordo um poço de confiança sabe? Também tenho maus dias e às vezes as pessoas estragam meu dia e apetite....Eu fico muito chateada com esse policiamento porque sou o tipo de mulher que ama liberdade em todos os sentidos e nunca fui de ficar controlando ou policiando ninguém. Acredito que as pessoas devem fazer o que as faz se sentirem bem e arcar com as consequências de suas escolhas. Nunca fui de controlar amigos ou namorados. Nunca virei para um fumante e impliquei com o vício, ou fiquei perturbando quem gosta de beber para beber menos, a não ser que seja alguém que bebe e dirige, mas mesmo assim, como sugestão pois neste caso está colocando a vida de outros em risco e não apenas a própria.



Poxa, se eu não me meto na vida de ninguém, por que motivo então as pessoas ficam tentando se meter na minha oras?! Eu não sou uma princesinha de contos de fadas presa em uma torre de marfim muito alta que precisa ser salva. Eu não preciso que a sociedade me salve! Não é porque sou gorda que estou perdida na vida! Eu estou mais para ogra militante sabe? Chega dessa paranóia de contar calorias, desenvolver transtornos psicológicos e alimentares para ficar magra ou permanecer assim. Deixem os gordos serem gordos e felizes e amados. SIM, nós somos AMADOS e DESEJADOS. Sim, gordos transam!

!Se você não quer comer, PROBLEMA SEU! Se eu quiser comer, ME DEIXA EM PAZ! Tá pagando meu almoço? Tô usando seu Ticket Restaurante ou dinheiro? Então, pitombas! Me deixa! Pára de me amar assim porque tá me sufocando!!!! Sim, porque rola aquele papinho, olha eu estou falando porque te amo, me preocupo com você. Ahan...sei. De amor e preocupação assim o inferno tá cheinho....

Dito tudo isso,deixo bem claro, eu exijo o meu direito de ser GORDA e faço questão de exercê-lo. E não, chamar de gorda não me ofende, não me define, não me humilha ou oprime. Sou gorda sim, aliás, obesa mórbida, tenho barriga e dobrinhas sim! E celulite! E estrias! E daí!? Não gostou? Não olhe! Gostou? Que bom...





Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,