domingo, 30 de novembro de 2014

Abaixo a Gordofobia!!! - GorDivah No Ar 02


Viva a Gordofobia... porque sem ela eu não teria tanto material para falar e falar e falar nos vídeos. Se você está de saco cheio de ouvir gente pegando no seu pé só porque você  é gordinha, você vai adorar e rir assistindo esse vídeo.

https://m.youtube.com/watch?v=iQiFLvXSPF8




Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Eu Te Amo Sua Linda

Quando foi a última vez que vocês se olharam no espelho e disseram "eu te amo sua linda!"? Não esperem os outros reconhecerem sua beleza para enxergar o quanto são maravilhosas e únicas! O seu amor próprio não pode nascer em outra pessoa, somente em você mesma. E só quem pode mantê-lo vivo é você e não os outros. 

Que tal se inspirar mais, lendo posts sobre autoestima?

http://www.gmaravilhosas.com/search?q=auto+estima#axzz31XABFfLN

Vocês são lindas sim! 

E não deixem que ninguém as faça sentir diferente de MARAVILHOSAS!!!!!












Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Coisas Que Me Irritam - Gordinhas x Obesas

Esse post poderia fazer parte da série "Coisas Que Me Irritam" e talvez eu o publique assim na minha Coluna do Gordinhas Maravilhosas...mas esse post vai sair cuspido, é isso mesmo meus últimos posts tem sido bem crus sem tempero nenhum! Tanta revolta aqui dentro contra o preconceito que sofremos que os textos simplesmente tem nascido e sido colhidos de forma brutal mesmo! Rude como o próprio mundo tem nos tratado. Eu tô de saco cheio desse papinho "ai eu sou gordinha, eu sou linda...mas ela é obesa, eca, ela é feia, é muitoooo gooorda"! Vamos parar! Vamos parar com essa babaquice porque pra sociedade minha cara, somos todas feias! Coisa que eu simplesmente não acredito que somos!

Agora aturar preconceito de gordas contra gordas é dose viu! Eu não tenho estômago, dobrinhas para isso! É tanto mimimi que ás vezes desanima até continuar escrevendo viu. Mas aí eu vejo comentários, mensagens de meninas que consegui tocar, ajudar através do texto e isso me revigora e ajuda a continuar escrevendo. Tem gente que acha que as mulheres obesas não são alvo de amor, objetos de desejo de ninguém, mas o que essas pessoas não sabem é que nós BBWs e SSBWs temos fãs espalhados ao redor do mundo! Com toda nossa multiplicidade de formato de corpos existem homens e mulheres que amam nosso porte majestoso e curvas abundantes e não se envergonham disso, muito pelo contrário, abrem a boca e declaram seu amor, preferência por nós! E não é uma questão de tara, fetiche e sim um gosto particular!

#EFFYOURBEAUTYSTANDARDS - F* seu Padrão de Beleza!
Esse mundo de aceitação eu descobri que existia há pouco tempo e antes disso me entristecia quando alguma gordinha implicava com meu peso. Coisa que hoje não tolero e simplesmente rebato na hora! Tanto que decidi escrever este texto após ver os comentários sobre a foto que usei para ilustrar nossa eterna luta contra a baixa autoestima. Eu usei uma foto em que uma obesa e uma mulher bem magra pareciam estar discutindo nuas...e nisso vieram as reclamações e comparações do corpo da obesa com coisas desagradáveis. Eu nunca entendi a visão tradicional que as pessoas no geral tem de um corpo nu. Para mim a nudez conta uma história, nos convida a ler uma vida, não é somente carne que deveria parecer escultura grega. Eu nunca vi os corpos desse jeito. Para mim o belo sempre esteve no imperfeito, no real, cru revelado sem disfarces. Para mim a beleza está no real, nas dobrinhas ou costelas. Sou bem resolvida com minhas muitas e robustas curvas talvez por sempre ter pensado assim...não sei. E por todas que não lidam bem ainda com isso eu fico irada mesmo! E atiço e provoco com vontade os gordofóbicos tanto magros quanto gordinhos.  Pois ninguém tem o direito de nos julgar por nossas escolhas, nosso modo de viver, nossos hábitos alimentares nem por nada de nossa vida!

Publicado originalmente aqui





Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

A Baixa Autoestima Me Pegou?!


Eu gostaria de ser capaz de levantar a autoestima de todas as nossas leitoras que estão com ela lá pra baixo, mas não posso, por mais que eu tente. E não pensem vocês que por ter Diva no meu nick eu não tenha meus dias ruins, pois eu tenho. Eu também tenho monstros aqui dentro que me assombram como zumbis e demônios e vampiros que me destruirão caso eu baixe a guarda.

Eu sei o que é ser rejeitada, ridicularizada por causa de meu peso diariamente, ouvir todo dia que devo emagrecer e ter o amor negado porque não me enquadro nos padrões. Sei o que é encantar, agradar, me iludir, ser usada e descartada por ser considerada gorda demais, feia de acordo com a sociedade de consumo. Eu sei o que é entrar num transporte público e ver os olhares de repúdio, os risos quando me aperto na roleta, a raiva quando tento sentar ao lado de alguém e o desprezo quando ninguém ousa sentar ao lado da gorda. Eu sei o que é ter vergonha de ser quem sou simplesmente porque não me sinto amada, apenas odiada, repudiada, inferior...Acreditem meninas eu sei o quanto é difícil ser gorda hoje em dia, o quanto somos incompreendidas e atacadas. É como uma guerra que nunca, nunca acaba e onde ter aliados é algo muito raro, principalmente quando chove fogo amigo pro nosso lado.




Há pouco tempo aconteceram algumas coisas que fizeram meu amor próprio definhar, murchei por dentro sabe? Tive um reencontro muito ruim com um ex-namorado....num momento péssimo. E nossa! Suei um bocado para dar um basta nos pensamentos tristes que me colocavam ainda mais pra baixo, decidi me afastar do que me faz afogar nesse mar de depressão. É muito ruim duvidarmos de nosso valor porque as pessoas à volta não são capazes de enxergar o quanto somos especiais. E isso dói eu sei. Às vezes me sinto uma louca, como um D.Quixote lutando contra os moinhos de vento... E pra piorar amo me vestir num estilo com inspiração rocker pois eu gosto e combina com minha maneira de ser, minha personalidade....ou seja, alvo ao quadrado de críticas eu sou. Pois algumas pessoas acham que por não ter mais 19 anos não posso me vestir assim, mas se eu fosse de uma banda de rock jurássica e famosa eu poderia?! Quem foi que disse que eu não posso usar o que me faz sentir bem comigo mesma e bonita? Eu hein!!!!



Enquanto eu estava pra baixo lembrei de fotos da adolescência, eu chorei muito quando as revi pois enfim em anos eu vi que nem era tão gorda assim como me faziam acreditar na época....Me fizeram acreditar numa ilusão.Chorei porque vi que enfim finalmente eu conseguia me enxergar de verdade com meus próprios olhos. Eu hoje com uns 50 kg a mais e muitos anos de diferença me sinto mais linda do que na época. Eu passei tantos anos sofrendo, aceitando migalhas por carência que hoje em dia quando fico pra baixo me forço além dos meus limites para me recuperar. A luta contra o câncer me deixou com espírito de guerra espartano. Agora eu luto até derramar minha última gota de sangue.

E após abrir meu coração desse jeito meninas, me despir assim em linhas eu espero que se juntem a mim nesta guerra contra a Gordofobia, preconceito e lavagem cerebral. Eu dei um basta nos pensamentos tristes, lembranças dolorosas,vozes do passado que me atacam, demônios antigos que tentam me afogar em pensamentos depressivos e sequei as lágrimas de solidão. Foi fácil? Não! Mas eu me empenhei e resetei minha mente, meus pensamentos. Recuperar e manter nosso amor por quem somos é um exercício diário. Não podemos deixar de praticá-lo um instante sequer senão a lavagem cerebral da mídia te domina e lança na masmorra dos insatisfeitos consigo mesmos.



Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

terça-feira, 25 de novembro de 2014

O Corpo Gordo É MEU!!! - Desabafo

Cada parte do seu corpo só diz respeito a você mesma, é você quem decide o que fazer ou não fazer com ela. E ninguém tem o direito de dizer a uma gorda o que fazer só por causa do peso dela, se você não acha bonito mulher gorda, não nos siga, não olhe para nós e faça o favor de sair da nossa vida! Não estamos aqui para elevar a sua auto estima permitindo que você tente destruir a nossa! 


E se eu quiser ajuda com minha alimentação, eu vou procurar um nutricionista e não você! Somos livres para sermos e fazermos o que quisermos! Se eu não me meto na sua vida, nos seus vícios, hábitos alimentares, o que te dá o direito de se meter na minha? Não preciso que ninguém me diga quem sou, eu sou o que eu quiser ser e escolho o que bem entender para minha vida!




Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Pessoas Especiais

Algumas raras vezes a vida nos empresta algumas pessoas únicas, que nos fazem sentir especiais, despertam em nós sentimentos intensos, chacoalham nossos corações. Pessoas assim nos cativam, conquistam e em pouco tempo se tornam parte importante de nossa vida. Como nunca se sabe quanto tempo teremos por aqui eu peço que você aproveite ao máximo quando receber esse presente. Não deixe que coisas pequenas estraguem ou ofusquem o presente que recebeu. Se doe, viva, abrace, releve e releve e releve e releve e releve as teimosias e manias do outro.

Há presentes que aparecem no nosso caminho apenas uma vez, para aquecer nossas noites a abrilhantar mais nossos dias, deixar o luar mais encantador, nosso coração mais quente. E não importa a duração, seja uma eternidade ou um breve momento, a intensidade, a marca que essa pessoa deixa em você fica gravada na alma.

Embora o tempo passe demasiadamente rápido quando estão juntos e mortalmente devagar quando estão longe nem a distância nem o tempo conseguem enfraquecer a chama desse sentimento. É como se seu coração irradiasse esse sentimento, essa onda de amor por todo seu corpo te anestesiando pras chatices e dores da vida. Assusta como uma pessoa ou a simples lembrança dela possa mudar de forma tão positiva a maneira como estamos nos sentindo.





Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

Trilha Sonora By GorDivah - QUEEN - Garotas Bundudas


Eu amo o QUEEN!!!
A trilha de hoje vai para todas as meninas de bumbum grande rsrsrs e para quem curte QUEEN. Para agitar a tarde! Aumenta o volume e solta o som!!



Fat Bottomed Girls




Ah, bem debaixo da lareira vermelha
Você vai deixar tudo rolar
Garotas bundudas
Vocês fazem esse mundo girar

Hey, eu era somente um garoto magrelo
Nunca soube o que era bom ou ruim
Mas eu conhecia a vida já antes de sair da enfermaria
Deixado sozinho com a grandalhona da Fanny
Ela era uma babá safada
Mulher corpulenta, você me transformou num garoto mau
Hey hey!

Tenho cantado com minha banda
Pelos fios e pelo mundo
Vi todas as vadias de olhos azuis pelo caminho
Mas a beleza e estilo delas
Ficaram meio suaves depois de um tempo
Leve-me àquelas garotas safadas sempre

Oh, você não vai me levar pra casa esta noite?
Oh bem debaixo da lareira vermelha
Oh você vai deixar tudo rolar
Garotas bundudas vocês fazem esse mundo girar
Garotas bundudas vocês fazem esse mundo girar

Hey, escuta aqui
Agora suas pensões e casas
Eu tenho dureza nos ossos
Não há bonitonas por aqui (Vou te contar...)
Oh, mas eu ainda tenho meu prazer
Ainda tenho meu maior tesouro
Mulher corpulenta, você vai me fazer crescer!
Agora tome isto!

Oh você vai me levar pra casa esta noite (por favor)
Oh bem debaixo da lareira vermelha
Oh você vai deixar tudo rolar
Garotas bundudas vocês fazem esse mundo girar
Garotas bundudas vocês fazem esse mundo girar
Peguem suas bikes e montem

Oh yeah garotas bundudas
Garotas bundudas
Yeah yeah yeah
Garotas bundudas
Sim sim







Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

domingo, 23 de novembro de 2014

Um Gostoso Com Uma Gorda?!

Gordivas lindas,

Este post foi publicado na minha coluna no Gordinhas Maravilhosas e em poucos dias teve mais de 15.000 acessos *-*  Espero que curtam ler  tanto quanto eu curti escrever na época rs


Ahá.... a inspiração voltou meu povo e com ela minha revolta!!! Vou logo avisando, se não gosta de ver corpo de gordinha nua, nem acabe de ler o post, pois este será ilustrado com casais de caras "dentro dos padrões da sociedade"com gordinhas.
Quando os 2 estão conversando as piricolegas surtam e piriguetes de todas as categorias também, chamo de piris pois Mulher de verdade não age assim, só piriguetes mesmo desclassificadas agem desse jeito. Não sei o que as revolta e ouriça no fato deles conversarem ou se pegarem mas isso está começando a me irritar e muito!
Vou colocar aqui  relatos de situações que aconteceram com gordinhas e depois vocês me digam o que acharam.

Reprodução: Yahoo Shine
Ah, este casal se casou este ano *-* e o casamento foi lindooo. Postei o vídeo no meu face.


1) A Esposa Gordinha

1.1)Um casal apaixonado e feliz, ele magrinho e ela gordinha,modelo plus size, linda e talentosa. Reencontraram os amigos do esposo dela da época de solteiro, ela estava ao lado dele quando isso aconteceu, mas mesmo assim, ela parecia invisível aos olhos dos amigos do marido dela... pois mesmo ela estando ali, as piriguetes ficaram perguntando ué cadê sua esposa. Ela então lançou um olhar fulminante e sério e nada falou.

1.2)Outra situação aconteceu também com o mesmo casal, as colegas dela viram no face que ela era casada  com um cara bonito e falaram para ela se cuidar pois poderia perdê-lo....Ao passo ela respondeu que ele é quem deveria se cuidar pois ela é um partidaço...

2) A Colega  de Trabalho Gordinha

Depois de uma festa de trabalho o gostosão do escritório começa a demonstrar interesse pela gordinha da empresa. E aí então isso vira a fofoca mais quente. Rolam apostas, especulações se ele já ficou com ela, se está ficando e as piriguetes começam a cair em cima do cara, principalmente quando ele está interagindo com ela. Lançam olhares fulminantes para a gordinha linda na esperança de intimidá-la mas como nossa amiga é confiante e bem resolvida, acha graça de toda a situação e deixa a história correr. O cara diante da pressão, amarela e deixa de investir na gordinha. Ela logo em seguida engata um rolo com outro e o bonitão arrependido tenta enfim algo com ela, ele a agarra e tasca um super beijo, mas, aí já era tarde demais...ela já estava com outro!


3) A Gordinha No Bloco

A gordinha lá no bloco curtindo com a galera e do nada um cara super gostoso se aproxima e começa a conversar com ela...gente é impressionante, sabe. Acho que é emitido um piriguete-sinal, porque quando as piricolegas avistam  a cena, chegam juntinho no ouvido da gordinha e soltam:  - Amiga, quem é o gostosão, me apresenta!...aí a gordinha como não estava de olho nele, apresentou os dois e seguiu com o bloco...mas e se ela estivesse interessada nele? O pior é que a mulherada nem cogita a possibilidade de um gostosão querer ficar com uma gordinha. É incrível, ainda que no Carnaval todo mundo fique meio tarado e louco, em festas acontece o mesmo!! É um gato colar numa gordinha que a mulherada se sente no OBRIGAÇÃO de ir lá "socorrer" o gato! E os machos de plantão ficam tentando tirar o cara de perto da gordinha também, como se o cara fosse morrer de peste negra instantaneamente só por estar com uma gordinha! Ah, por favor né!!!! Só para matar de inveja as mulheres que pensam assim, escolhi fotos de casais que acho super fofos para colocar aqui neste post! E esfregar na cara dos machões de plantão, que Homem de verdade, se gosta, gosta e pronto, nada mais, nem ninguém importa!!

Reprodução: Tumblr Dankiidoll
Cara, eu não aguento mais ver isso acontecer! As mulheres e homens fúteis são podres mesmo! Eu não sei o que passa na cabeça dessas mulheres, realmente não sei. Talvez  tenham um ataque de inveja e se achem melhores do que nós gordinhas, por causa do nosso  peso e então surtam psicoticamente e tentam começar uma disputa, sei lá....Fica mais feio ainda em ambiente de trabalho cara, muito feio você chegar e dar em cima de um cara que já está conversando com outra mulher num evento do trabalho. Independente de estar rolando algo ou não, é extremamente deselegante! 

Uma coisa é você não querer ser gorda, agora outra bem diferente é você não aceitar ou respeitar quem goste de gorda!! Sim, existem admiradores de gordinha que nos idolatram!! Você daria em cima de alguém se o cara estivesse com uma cadeirante, anã ou qualquer outra mulher diferente dos padrões ditados pela sociedade? Claro que não!! Mas parece que mulher gorda é a bola da vez, a válvula de escape para todas as suas frustrações de mulher mal amada e mal resolvida. Você vive falando que quer ser respeitada, mas não se valoriza e despreza outras mulheres que são diferentes de você! Quanta hipocrisia para um corpo e mente tão pequenos!!!

Reprodução: Tumblr
Quero fazer um apelo às nossas leitoras gordinhas, não permitam que mulher alguma as intimide não. Elas não são mais bonitas ou melhores que você por serem mais leves não! E se o cara desistir de você porque não aguentou a pressão, melhor ainda! Grandes mulheres não precisam de homens frouxos, covardes e fracos! Não! Nós merecemos homens de valor, não estou incluindo aqui os tarados que só nos querem entre 4 paredes não hein!!! Estou falando de Homens de verdade que nos assumem e amam mesmo cada dobrinha do nosso corpo robusto. Cavalheiros de sentimento nobre que nos respeitam, valorizam e não contam as calorias das nossas refeições! Não merecemos meninos ou moleques! Muito menos, implicância de  menininhas mimadas!! Se valorize, corrija sua postura, estufe o peito, jogue o cabelo e não se deixe abater.

Reprodução: Tumblr
Eu já chorei muito por causa de menininhas desse tipo e moleques, mas hoje não choro mais. Aprendi a lidar com isso e hoje me amo, admiro e tenho confiança em mim mesma. Meu peso tem 3 dígitos sim, mas eu sou muito mais do que registra a balança. Eu sou uma Mulher de verdade, de muita carne e osso, inteligente, bem resolvida, completamente apaixonada por mim mesma e não caio em joguinhos infantis de menininhas ou molequinhos. Não preciso disputar a atenção de um cara com ninguém, se ele me quiser, bem, se quiser outra...Vai com Deus! Só não fica me perturbando por favor!! Me deixa em paz!

É assim que tem que ser com quem te ama de verdade...dane-se o resto do mundo!
Não permitam que essas piris consigam abater vocês lindas. Não caiam nessa! Vocês são lindas redondinhas mesmo e quele cara que realmente valer à pena vai te respeitar, amar, ser honesto e leal, desejar você exatamente do jeitinho que você é. Não deixem que situações como as relatadas acima abatam sua autoestima. A beleza está nos olhos de quem vê, que tal começar a usar o colírio da descontaminação da ditadura da magreza, para enfim você enxergar como você é linda? Mude a maneira de olhar para si mesma e seu próprio corpo. Chega de ficar adiando a felicidade e perder oportunidades de ser feliz de verdade! Chega de sofrer à toa viu? Que o mundo exploda!!!!  Bora viver!!!!

sábado, 22 de novembro de 2014

Blogueira plus size ensina como encontrar seu estilo: “O primeiro passo é conquistar o amor-próprio"

Colunista na Marie Claire norte-americana, Nicolette Mason já cobrou uma linha de tamanhos grandes da famosa Marc Jacobs e é um dos nomes mais influentes da moda plus size nos Estados Unidos. Em entrevista, ela dá dicas exclusivas para a mulher brasileira

NICOLETTE MASON ESCREVE PARA A COLUNA "BIG GIRL IN A SKINNY WORLD" NA MARIE CLAIRE US (FOTO: LYDIA HUDGENS)
Gordinha, fashionista, blogueira e colunista na Marie Claire US há cerca de três anos, não foi por acaso que Nicolette Mason se tornou um dos nomes mais influentes no mercado plus size norte-americano. Em entrevista exclusiva, ela – que comanda a coluna “Big Girl in a Skinny World” (algo como “Garota Grande em um Mundo Magro”) e já cobrou linhas plus size da Marc Jacobs – conta como entrou no mundo da moda e dá dicas para as mulheres brasileiras se aceitarem e encontrarem seu estilo.
Formada em design de moda, Nicolette começou sua carreira trabalhando na área criativa da indústria fashion, ao mesmo tempo em que lançou seu blog. Pouco depois, começou a escrever para a Vogue Itália, quando, em 2011, recebeu um convite inusitado para assumir uma coluna na Marie Claire americana. Apesar de ter se deparado com o preconceito diversas vezes por conta de seu peso, e ainda ser julgada pelo mesmo motivo, ela afirma que, hoje, está muito mais segura e confiante. Para ela, a melhor gratificação é o retorno positivo que recebe de suas leitoras.
Marie Claire: Como é ser uma “big girl in a skinny world”?
Nicolette Mason: É realmente muito, muito estimulante e gratificante. Amo descobrir novas marcas e designers de moda plus size, mas mais do que isso, amo o modo como minha coluna fala com todas as mulheres de maneira universal. Não importa o número que ela vista, em algum ponto de sua vida ela terá inseguranças sobre seu corpo – e existem muitos poucos lugares na moda em que é possível desafiar e confrontar essa imagem aberta e honestamente. Conheci muitas mulheres de diferentes tamanhos que se beneficiaram lendo “Big Girl in a Skinny World” – e esse é o melhor sentimento.
MC: Você já teve problemas em aceitar seu corpo? Já quis ser magra?
NM: Claro! Acho que todas as mulheres, independente de seu tipo de corpo, em algum momento se sentem inseguras com ele. Como mulheres, somos criadas desde muito jovens para controlar nossa aparência. Não sei se já quis ser magra, mas existem momentos em que eu desejo que meu corpo fosse diferente – seios menores, quadris maiores, barriga lisa, pernas mais longas... Mas eu, definitivamente, cheguei a um ponto em que não apenas aceito meu corpo, mas gosto dele. Sou feliz, saudável e na maior parte do tempo, me amo como sou.
MC: Você encontra alguma dificuldade em ser aceita no mundo da moda por causa do seu peso? Como lida com isso?
NM: Há alguns julgamentos precipitados, mas assim que as pessoas falam comigo ou escutam minha história, rapidamente percebem que tenho experiência e conheço a indústria da moda. Claro que é desanimador quando isso acontece, mas estou feliz que meu histórico e currículo falam por si mesmos.
NICOLETTE CONTA QUE AS VEZES AINDA SE DEPARA COM O PRECONCEITO POR CAUSA DE SEU CORPO (FOTO: LYDIA HUDGENS)
MC: Quais são as maiores dúvidas de seus leitores?
NM: A maioria dos meus leitores já conseguiu aceitar e amar o próprio corpo, mas não sabe como se aproximar da moda e encontrar o próprio estilo. O primeiro passo para muitos é conquistar o amor-próprio, e o próximo é aprender a amar a moda.
MC: Há muitas mulheres que têm dificuldade em aceitar o próprio corpo. Qual seria seu conselho?
NM: Não sou uma especialista na saúde mental, mas acho que encontrar as características que você mais ama em si mesma e focar nelas é um bom começo.
MC: Há muita diferença entre a moda convencional e a de tamanhos grandes? Você acha que deveria ser desse jeito?
NM: Sim, com certeza. Acho que existem muitos designers, marcas e varejistas que presumem que sabem como uma mulher plus size gostaria de se vestir – e isso seria se escondendo, escondendo seu corpo e suas supostas “áreas problemáticas”. Na verdade, o que eu acho, é que a mulher plus size quer se vestir como todas as outras mulheres.
MC: Você está obcecada por que roupas ou acessórios neste exato momento?
NM: No momento estou amando a tendência “pastel” e aderindo tudo o que é rosa claro, azul pastel e verde menta que chega às minhas mãos.
MC: Você conhece o biotipo da mulher brasileira? Que conselho daria para nós, que adoramos roupas justas e provocantes?
NM: Não estou muito familiarizada, mas não preciso observar muito mais que minha amiga Fluvia Lacerda para saber que as mulheres brasileiras esbanjam sensualidade!
COLUNISTA DE MODA, NICOLETTE DIZ QUE ESTÁ AMANDO A TENDÊNCIA DOS TONS PASTÉIS NO MOMENTO (FOTO: LYDIA HUDGENS)
DICAS DE COMO SE VESTIR PARA A MULHER PLUS SIZE
“Minha única regra é que as mulheres se vistam de maneira que achem estimulante. Acho que isso se traduz em pura confiança.”
“Encorajo as mulheres a experimentarem diferentes proporções até encontrarem a que mais gostam e que mais lhes convém.”
“Uma boa costureira é a melhor amiga de uma mulher plus size!”
“O primeiro passo para muitos é conquistar o amor-próprio, e o próximo é aprender a amar a moda.”







Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Amor Além da Aparência



Quando amamos o peso não importa!





Quando somos amados, também não deveria importar! 
Desencane e ame!



Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

Se Você + Gorda ou Obesa = Feia, então podemos dizer que Você = Preconceituosa

Este foi o primeiro texto meu publicado aqui no blog há quase 1 ano. Decidi reproduzi-lo hoje em minha coluna para celebrar. Espero que ele possa inspirar e ajudar alguém de novo.




Para sobreviver como obesa neste mundo é preciso não apenas ter um sol dentro de si para dissipar as nuvenzinhas negras que nos perseguem, mas bancar o sol mesmo! Pode estar caindo o temporal que for, o sol não se abala, continua brilhando forte, intensamente, grandiosamente. O mundo pode não ver, sentir, mas, ele está lá brilhando. É fácil? Não!! É uma questão de sobrevivência.
Eu senti na pela os efeitos da baixa auto estima há muito tempo trás, o que me levou quase à morte por causa da anorexia e bulimia, cheguei a um ponto em que meu organismo rejeitava a comida, nada mais parava em meu estômago, meu coração não funcionava direito.....um verdadeiro inferno que me fez perder 30 kg e ficar magra, mas, não valeu a pena sacrificar minha saúde para provar ao mundo que eu conseguiria emagrecer. Continuei sendo a mesma pessoa, mas, consegui ver um outro lado do mundo e pessoas que me deu NOJO...os amigos que me adoravam, conversavam horas a fio, dos quais eu era confidente de repente começaram a cercar, dar em cima...e isso me entristeceu, pois me sentia como um pedaço de carne sendo oferecida aos cães. Antes eu não servia porque era gorda, mas magra eu servia?!! Fora as cobranças, sim, parecia que estava sendo espionada o tempo todo:
" - Olha não vá engordar de novo hein! Você está tão linda vê se não engorda hein! Você vai comer isso? Tem certeza?"

Minha vontade era mandar todo mundo pastar! E nisso não comia quase nada, só bebia, me drogava e fumava muito. Perdi minha saúde e plantei um câncer que me atacaria anos depois.
E nesse processo todo descobri que pro mundo nada nunca é o bastante. Então decidi que nunca mais sacrificaria minha saúde por nada nem ninguém. Ganhei muito peso novamente após a morte de alguém que eu amava muito e mais peso depois do diagnóstico de câncer, pois comi tudo que tinha vontade, tudo mesmo. Há momentos na vida em que você tem que simplesmente fazer o que você quer fazer e se desligar da opinião dos outros. E caso eu morresse pelo menos teria provado o whooper furioso do BK!!! KKKKKKkkkkkk....mas Deus fez um milagre na minha vida e me curou do câncer, quando o resultado da 2a cirurgia saiu não havia mais sinal do câncer!!
Depois de tudo isso, mais do que nunca, me transformei em um raio de sol que insiste em brilhar e passar nem que seja por uma brechinha através da escuridão. Mas como praticar isso no dia a dia?

Primeiro passo
Você precisa se desnudar dos próprios preconceitos e parar de se enxergar através dos olhos dos outros. Fazer uma faxina geral, mental, psicológica, enterrar traumas, desfazer o ninho de pensamentos ruins de sua mente.

Segundo passo
Procure se conhecer melhor, se mimar, cuidar, embelezar. O que te faz sentir confiante e bonita?  Uma roupa que você adora? Cuidar do cabelo? Pode ser qualquer coisa, mas faça isso com mais frequência e olhe para si mesma nesse momento. Veja sua beleza real, sua confiança e alegria.

Terceiro passo
O escudo defletor rsss...... Você precisa entender de uma vez por todas que a opinião dos outros não te define! A imagem que o mundo tem de você não determina quem você é, sua essência, postura, ações e reações sim! Renove sua mente e se for o caso redefina quem você é. E depois disso se fortaleça gostando cada vez mais da pessoa em que se transformou. E aí amiga, quando o lado negro da força atacar, seus escudos defletores darão conta do recado.

O ataque clássico:

- Poxa seu rostinho é tão lindo...(por quê não emagrece)?
Sugestões para você se inspirar:
- Tscs..tsc....eu sei que você quer ser legal comigo e talz, mas, o que você está fazendo é muito deselegante e desagradável, com licença por favor.- E pronto vai embora e deixa apessoa falando sozinha....
- Antes da pessoa continuar depois do lindo, interrompa e diga; - e todo o resto também amiga, eu sei. Você é uma fofa por reconhecer a minha beleza. Fortaleceu minha auto-estima amiga. Obrigada.
- É pra responder? Isso foi um elogio ou uma ofensa?
- Porque eu já sou toda linda!
- Meus fãs não aprovariam isso.
Adorei a última, essa é inédita, ainda não usei.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Dia De Modelo Plus Size RJ - Blog Mulherão

Rock 'n Roll Baby!!
Vestido Citwar- Make and Hair Pam Archanjo- Produção Cris Miranda- Direção Renata Poskus- Foto Tatiane Moraes e Denise Ricardo

Conforme prometido no vídeo que eu fiz sobre minhas considerações sobre o DDM, eis aqui o post com algumas fotos dessa experiência maravilhosa que tive. Eu nunca tive intenção de ser modelo plus size, não entendo muito de moda e para ser bem sincera, até pouco tempo atrás eu  fugia de tirar foto a qualquer custo. Mas, tudo mudou depois que eu tive câncer há 2 anos praticamente e a partir daí eu comecei a mudar e muito por dentro...

Eu não me achava bonita ou interessante, apenas engraçada e tinha falta de ânimo para procurar roupas que refletissem meu estilo porque simplesmente eu não encontrava nada tamanho 56 ou 54. E não há nada pior do que você ter que se vestir de uma maneira que não te agrada muito né....Mas quando decidi garimpar o mundo plus comecei a achar aos poucos algumas coisas bem interessantes...Eu soube do Dia de Modelo através de uma amiga minha modelo plus size, linda, ano retrasado. Ela me convidou para participar mas na época não pude e quando vi as fotos dela fiquei encantada e decidi, no próximo ano vou participar!
Brincando de Rebel Pin Up Queen Size. Vestido Chica Bolacha

Com muito frio na barriga e meio sem jeito por me achar grande demais em relação as participantes das edições anteriores, decidi participar e posso dizer sem sombra de dúvida que foi um dos meus melhores dias de 2013! A equipe toda nos deixou super à vontade, os acessórios, sapatos, roupas eram lindos! E ainda que muitas ali já se conhecessem, rapidinho me senti como parte da turma. Eu levei algumas roupas, mas acabei tirando só duas fotos com roupas minhas mesmo,com os vestidos acima da Citwar e logo abaixo da Chica Bolacha. O último look, dos 3 foi com um macacão da Glamur Fashion. A Renata foi super atenciosa com todas nós, assim como as demais da equipe, sempre me lembrarei com carinho de cada uma.


Logo no início vi a Pam com a camisa do Ramones *-------------* e já gostei, ela me perguntou como queria a make, soltei logo, bem rock and roll. Acho que meu tênis com spikes e a roupa com que cheguei já me entregou um pouco rs. Eu amei a make, amei o cabelo e ali já comecei a me sentir outra, me senti uma diva do rock kkkkk



Eu amei as fotos, embora eu não tenha  mínima intimidade com as câmeras, nem saiba fazer poses ou carão, me senti uma Diva linda! Fiquei super travada para tirar as fotos, não sabia direito como fazer as poses, mesmo com orientação das fotógrafas rs....pode não parecer mas sou tímida, embora seja muito simpática(bom pelo menos é o que sempre me dizem né kkk). Foi um boom gigantesco na minha autoestima e um desafio para vestir e exibir meu corpo como diariamente não faço. Por exemplo, usar decote é uma coisa que não faço todo dia e quando uso, é um micro decote, mas já que estava lá decidi me jogar na experiência e no terceiro look criei coragem para usar uma roupa sugerida pela Cris Miranda, um macacão. Gente, acho que só tinha usado macacão quando bebê, mas resolvi vestir para ver como ficaria e o resultado está aí embaixo, acabei criando coragem para tirar as fotos e acabei até rindo, acho que de nervoso...

Me sentindo uma Bond Girl Plus Size

Bom, vou deixar aqui o link para quem quiser ver as demais fotos. E aproveito também para encerrar o post agradecendo a todas as meninas que pude conhecer no DDM e também a equipe que participou da edição do RJ Dezembro de 2013, não imaginam como me senti bem na companhia de vocês e o quanto vocês fizeram por mim me acolhendo com tanto carinho, atenção e amizade. Obrigada de coração mesmo, mal posso esperar para vê-las na próxima edição.









Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Homens Nas Ruas Confessam: AMAM Gordinhas

Abaixo o vídeo na íntegra com a participação da Thaís Carla do legendários, no Melhor do . Brasil(programa do dia 5/01/2014). Vale a pena assistir, mas, quem quiser ver somente o vídeo com os homens falando que amam gordinhas, basta clicar no link do R7 logo abaixo, pois não consegui incorporar o vídeo com o código fornecido no portal.

Admiro essa linda bailarina de 150 kg!!!



Fonte: R7






Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Oh Você É Gorda, Deixe-me Salvá-la! - Sai Fora! Me Deixa Ser Gorda! E Feliz!


Desde quando minha gordura dá a você o direito de achar que eu preciso que me salvem de alguma coisa? Hein hein hein? Numa boa tô de saco cheio já desse papo de " você precisa emagrecer, seu rosto é tão lindo, você é tão simpática e confiante que se fosse magra ficaria com você, nossa você vai comer mesmo isso, por que você não faz uma dieta...." Ou a melhor de todas, em pleno rodízio solta: noooossaaaa mas você está com apetite mesmo hein! Não vai passar mal não? - Vem cá, as pessoas vão no rodízio para quê? Sinceramente, me diz! Acho que pagamos caro pelo rodízio pois nos serviremos de uma variedade de alimentos e também de uma grande quantidade, se assim quisermos. Ou eu estou louca? Vou pagar caro para comer meia fatia de pizza de muzzarela com orégano e no máximo tomate? Acho que eu devo ser de  uma espécie alienígena que acumula gordura até pelo cheiro e pensa: já que é para engordar que seja comendo!

Na última vez que fui em companhia de magros irritantes(chamo assim os magros que não comem e nem querem te deixar comer ou aqueles que comem e não engordam) me senti mal de tanto ficarem me regulando e estava com um vestido mais curto, o que acabava deixando uma parte de minhas coxas à mostra, o falatório foi tanto que uns caras que estavam na mesa logo atrás de mim ficaram encarando minhas coxas gordas e falando alguma coisa que ainda bem que não entendi, enquanto eu sem jeito tentava puxar um pouco o vestido, sem sucesso. Até que me irritei, olhei para eles de cara fechada como quem diz: dá pra parar de ficar olhando, ou tá difícil?! Nunca viu uma gorda de vestido não!!??

Ilustração: Negahamburguer - Amo os desenhos dela!


Não é todo dia que acordo um poço de confiança sabe? Também tenho maus dias e às vezes as pessoas estragam meu dia e apetite....Eu fico muito chateada com esse policiamento porque sou o tipo de mulher que ama liberdade em todos os sentidos e nunca fui de ficar controlando ou policiando ninguém. Acredito que as pessoas devem fazer o que as faz se sentirem bem e arcar com as consequências de suas escolhas. Nunca fui de controlar amigos ou namorados. Nunca virei para um fumante e impliquei com o vício, ou fiquei perturbando quem gosta de beber para beber menos, a não ser que seja alguém que bebe e dirige, mas mesmo assim, como sugestão pois neste caso está colocando a vida de outros em risco e não apenas a própria.



Poxa, se eu não me meto na vida de ninguém, por que motivo então as pessoas ficam tentando se meter na minha oras?! Eu não sou uma princesinha de contos de fadas presa em uma torre de marfim muito alta que precisa ser salva. Eu não preciso que a sociedade me salve! Não é porque sou gorda que estou perdida na vida! Eu estou mais para ogra militante sabe? Chega dessa paranóia de contar calorias, desenvolver transtornos psicológicos e alimentares para ficar magra ou permanecer assim. Deixem os gordos serem gordos e felizes e amados. SIM, nós somos AMADOS e DESEJADOS. Sim, gordos transam!

!Se você não quer comer, PROBLEMA SEU! Se eu quiser comer, ME DEIXA EM PAZ! Tá pagando meu almoço? Tô usando seu Ticket Restaurante ou dinheiro? Então, pitombas! Me deixa! Pára de me amar assim porque tá me sufocando!!!! Sim, porque rola aquele papinho, olha eu estou falando porque te amo, me preocupo com você. Ahan...sei. De amor e preocupação assim o inferno tá cheinho....

Dito tudo isso,deixo bem claro, eu exijo o meu direito de ser GORDA e faço questão de exercê-lo. E não, chamar de gorda não me ofende, não me define, não me humilha ou oprime. Sou gorda sim, aliás, obesa mórbida, tenho barriga e dobrinhas sim! E celulite! E estrias! E daí!? Não gostou? Não olhe! Gostou? Que bom...





Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

domingo, 16 de novembro de 2014

Trilha Sonora By GorDivah - Rockabilly



Eu amo Rockabilly e gosto muito desta banda, ainda mais pelo fato de ter uma menina na bateria e gordinha!!! Neste clipe, muito diferente da grande maioria dos clipes de música e versões do cinema, a mocinha é gordinha e linda e talentosa!! Não seria qualquer banda que colocaria uma plus size no vídeo....
Fanpage da banda para quem quiser conhecer mais.

Espero que gostem da música tanto quanto eu.




Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Fãs de Gordinhas Existem? De Verdade?



Eu tenho que admitir que ultimamente tô com muito pé atrás  com fãs de gordinhas. Estou conhecendo histórias de carinhas, por que não dizer menininhos, aliás, moleques, que estão interessados em colecionar gordinhas ou só pegar e jogar fora. Explico, manter várias opções em banho maria enquanto namora uma, ou está envolvido com uma por quem tem forte sentimento. E eles são tão bons nisso  que acabam convencendo as gordinhas desavisadas que no fundo são caras legais e que não querem perdê-las, tem pavor que isso aconteça. Quando no fundo, não estão nem aí. Dizem que gostam muito, amam e o caramba, quando na verdade não sabem o que é amor de verdade e só querem tirar algum tipo de vantagem de você.

E cada vez que escuto uma gordinha falando de histórias assim, mais com pé atrás eu fico quando um fã de gordinha se aproxima. Conheci uma que namorava o cara que parecia um namorado apaixonado, só que a deixava em casa e partia pra caça online ou nas redondezas. E ela só descobriu que ele não valia NADA quando o namoro acabou, só que de tão apaixonada ela simplesmente continua ao redor dele esperando pelo dia que terá uma nova chance, pois não consegue esquecê-lo. Se contenta com as migalhas de amiga apaixonada e ele é claro, adora isso. De tão carente e inseguro que é, não consegue viver sem platéia, sem um harém, sem várias babando por ele.Não é porque você é gordinha que deve se sujeitar a receber migalhas e ser usada como um objeto. Este fã de gordinha é um colecionador, nunca vai se satisfazer só com uma e nunca levará em consideração seus sentimentos. Ele é egoísta, inseguro e carente e só vai querer tirar algum tipo de proveito de você.

Reprodução: Filme O Diário de Bridget Jones
Há também o tipo fetichista, o lance dele é te levar pra cama e só. O lance dele é pegar uma gorda, mas entre quatro paredes. Nem pense em esperar uma ligação ou andar de mãos dadas na rua. Agora quando o desejo surgir, ele vai lembrar que você existe e vai tentar de todas as maneiras te levar pra cama. Para ele não tem hora ou lugar, quando encontra uma gordinha, não resiste, pode estar com a namorada do lado que ele,  fará de tudo pela tara que sente. O lance dele é sexo e só. Se você topar e se apaixonar depois, já era...



E tem também o tipo que é o fã enrustido, aquele que não saiu do armário por nada deste mundo ou outras galáxias.Nem Darth Vader conseguiria tirar o cara do armário. E existem alguns subtipos dentro do armário. Tem aquele que será seu amigo, você  vai ter certeza que rola algo entre vocês mas ele nunca, NUNCA, vai tomar atitude porque tem pavor de ser visto com gorda e não admite para si mesmo que curte uma gordinha. E tem aquele que tem raiva de si mesmo por se sentir atraído por uma barriguinha saliente, então o que ele faz? Ataca as gordivinas sempre que pode. Ele pode se materializar como aquele amigo ou parente que sempre faz uma piadinha sobre seu peso, mas sempre de modo pejorativo. Pode ser aquele que grita a plenos pulmões quando você chega linda na festa:
- Guarda a comida que a gorda chegou.....
Esse tipo sempre se deu mal comigo. Minha resposta preferida:
- Calma gente, que a gorda é educada e já veio alimentada kkkkkk. Podem comer em paz e deixar mais pro nosso amigo guloso aqui. Calma fulano, vai sobrar comida pra você viu.


reprodução: Filme O Amor É Cego


Um subtipo do enrustido é o Salvador Gordofóbico de plantão, aquele cara que é até gente boa, desde que o amigo não goste declaradamente de gordas. É aquele que critica o amigo que curte fofinhas, e tenta fazê-lo gostar de mulheres "normais". Empurra tudo quanto é tipo de pirigiuete magra pra cima do amigo, principalmente quando o amigo está namorando uma gordinha linda e está super feliz. Ele acha impossível ser feliz amando uma pessoa que está fora dos padrões de beleza ditada pela sociedade. E  no fundo ele sente inveja dos relacionamentos do amigo, pois no geral, uma namorada gordinha tem alguns plus que a maioria das "comuns" não tem.


Se o seu namorado tem um amigo desse relaxe. Pois se o cara te assumiu, não vai ser por causa de um imbecil desses que que vai deixar de gostar de você.A não ser que ele seja um imaturo, maria vai com as outras e não goste de você de verdade.Fazer o que, tem moleques que são assim, brincam de homenzinho mas tem a cabeça vazia, precisam da aprovação dos outros para tudo na vida. Jamais bata de frente com esse babaca e nunca se coloque entre a amizade deles, é perda de tempo. E apesar de idiota, ele pode até ser um bom amigo pro seu amor, apesar de tudo



E também há mulheres, sim, há mulheres que amam de verdade uma gordinha e se bobear, serão melhores que um cara que curte gordinhas kkkkkk. Tomem machistas! Eu canso de ver casais de mulheres em que o relacionamento é muito mais saudável que o "convencional"! Onde a entrega é maior, a aceitação idem.


E ainda falando de mulheres, temos as Invejosas que são tão fãs de gordinhas, que no fundo queriam ser uma de nós. E se a ex do seu namorado for uma delas, aí é que a coisa fica engraçada mesmo! Ela não entende porque ele está com você e não com ela se julga superior por pesar menos e ser mais aceita pela sociedade. O que ela não entende é que o sentimento de vocês não precisa da aprovação de ninguém para existir, ele simplesmente existe e pronto! E seu namorado é homem o bastante para te amar por completo independente das piadinhas, cobranças, sabotagens e tentativas de separar vocês.Geralmente são mulheres inseguras, mal resolvidas consigo mesmas que não entendem como nós com todas as nossas dobrinhas somos capazes de nos amar tanto e sermos seguras, o que acaba encantando os homens.


E por fim, mas não menos importante, há aquele cara que simplesmente prefere gordinhas, mas não para colecionar, iludir várias ao mesmo tempo. É aquele cara gente boa que pode chegar como um amigo para sondar o terreno, te conhecer melhor e quando você menos percebe ele está  já no caminho para seu coração. É aquele fã de fofinhas que chega manso, tranquilo, sem fazer alarde ou interrogatório ou ansioso demais já te chamando para sair logo de cara. Ele está solteiro e com o tempo descobre que você está solteira também, sabe desenvolver uma conversa, sem forçar a barra, sem sufocar ou perturbar sua paz. E passa o tempo e ele não banca o taradão pedindo foto sensual, sexy, o que for. Ele se interessa em desvendar você, te conhecer e assim ele ganha credibilidade e o sentimento acaba nascendo, mesmo contra sua vontade. eu devo admitir que esse é o meu tipo preferido de fã de plus size.




 Quando acho que me deparei com um desses, me esforço e procuro ter mais paciência do que teria normalmente. Até porque eles são fofos e eu tenho muita paciência com gente fofa, bom pelo menos me empenho mais em ter kkkkkk pois esse cara não me trata como uma conquista, ele pode até soltar uma ou outra cantada sutil, que eu nunca vou perceber, a não ser que ele diga. Ele vai te elogiar e torcer de verdade pelo seu sucesso, vai respeitar o fato de você ser confiante e eventualmente ter outros fãs. Ele(a)  não vai se importar com isso, pois sabe que você também não é uma colecionadora de fãs de gordinhas. Ele(a) sabe que você não precisa de um fã clube para saber que é especial, não precisa mostrar os peitos ou a bunda para ter uma autoestima saudável. Nossa eu poderia ficar aqui até amanhã falando dele(a).




Em síntese, fãs de gordinhas existem sim, podem ser homens, mulheres ou moleques sem caráter. Basta você escolher o tipo que você deseja ter em sua vida e depois lidar com o que vier. Mas o mais importante é você ser fã de si mesma, se valorizar e amar independente de existir um(a) fã de gordinha na sua vida ou não. O primeiro passo para felicidade real no amor é começar a amar a si mesma, com dobrinhas, barriguinhas, estrias, celulite, colo majestoso, bochechas fofas, corpo macio,...e tanta outras coisas lindas rechonchudas que fazem parte do nosso corpo roliço.




Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,