quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Para ele gorda não serve para ser namorada


Fora do quarto dela, ele não a tratava de forma especial, diferente das outras garotas, mas no quarto, chorando no colo dela a cada briga que tinha com as novas namoradas ele reconhecia como ela era especial e indispensável na sua vida...a cada dia essa admiração, ligação crescia, passavam mais tempo juntos, direto da escola para a casa do outro, mal podiam esperar para passar o dia inteiro juntos, mesmo que fosse só para ficar mudo vendo um filme, curtir um cd novo, ou aquele especial das bandas preferidas de ambos na MTV, fazer guerra de travesseiros, rir assistindo desenhos, sabotar o drink um do outro apenas para brincar. Só se desgrudavam quando ele ia para a casa da namorada dele...ela não tinha percebido ainda, mas estava prestes a descobrir que neste mundo ela não serviria para muita gente...

Ela servia para virar a noite jogando RPG, ela servia para ouvir a música nova que ele compôs, aprender as letras e vibrar no ensaio da banda dele como se estivesse no show de sua banda preferida porque para ela, a banda dele era a sua preferida,ela servia para visitar a avó dele apenas para saber se ela estava bem devido a recente viuvez, ela servia para abraça-lo e dizer para nunca desistir de seus sonhos quando a namorada achava que ele deveria ser outra pessoa e desistir dos sonhos que para ela eram bobos, ela servia para brincar com o cachorro dele, aturar o irmãozinho dele tirando sarro da cara dela, ela servia para acompanhá-lo no violão cantando em plena madrugada, ela servia para dizer que ele era maravilhoso como era e não precisava mudar para provar nada para ninguém, ela servia para tomar um porre junto, sair sem rumo de madrugada só para curtir o silêncio das ruas, invadir o telhado do prédio vizinho só para ver o sol nascer, ela servia para fazê-lo se sentir bem, feliz e confiante, ela servia para aceita-lo como ele verdadeiramente era. Ela servia para dizer que tudo ia dar certo, consolar, proteger enquanto todos o atacavam e humilhavam. Ela servia para invadir aquela rádio de rock junto com ele em outra cidade, caminhar 3 km só para ajuda-lo a encontrar com a namorada, inventando mentira para os pais dela que haviam proibido o namoro. Ela servia para ser sua melhor amiga, mas não servia para ser sua namorada quando ele estava sozinho porque ela era gorda....

O tempo passou e ela emagreceu, então quando ele viu que todos o meninos da turma estavam interessados nela ele enfim enxergou nela uma mulher e não mais uma gorda, enxergou que sua melhor amiga era a mulher da vida dele....

Ele a perdeu para sempre e até hoje não entende porque ela não corre mais para seus braços para beijá-lo e abraça-lo após tanto tempo sem se verem e tantas dores de cotovelo divididas...ele não entende o motivo dela não ligar mais para ele....ele não entendeu porque ela resistiu quando ele enfim a beijou, ele não entendeu que por fora ela estava magra, mas por dentro era a mesma gordinha de sempre que entendia enfim que para ele, ela não servia.....pois aquilo não era amor, era paixão pelo corpo magro que ela enfim ostentava. E o que ela queria era amor verdadeiro e não passatempo. Ela teria sido dele para sempre, sem cobranças, julgamentos, ciúmes, picuinhas, nem imposições nem prisões, pois ela não acreditava nisso. Para ela amor, liberdade e confiança caminham sempre juntos. Ela acreditava que a base do amor era a amizade, o respeito, a cumplicidade, confiança, ver, reconhecer e aceitar a essência do outro, ela teria feito dele o homem mais feliz, amado e realizado do mundo, mas, para ele gorda não serve para ser namorada....

Desiludida ela pegou todo aquele amor e amizade de melhor amiga e guardou com carinho em um baú trancado que hoje está empoeirado, mas ainda guarda o seu precioso tesouro. Às vezes ela pensa em jogar fora a chave e esquecer do tesouro guardado, quando ela pensa nisso diz para si mesma, só por hoje, só hoje não vou pensar em jogar fora a minha chave, só hoje. E assim ela segue vivendo, esquecendo que o amor um dia bateu forte em seu peito, esquecendo que guardou aquele tesouro para aquele que um dia o merecer.









Image and video hosting by TinyPic







Beijões Queen Size,