quarta-feira, 28 de maio de 2014

O Amor Que Eu Sentia

Enquanto lágrimas rolavam me lembrei do amor que senti um dia, lembrei vagamente do que é sentir alguma coisa. E lembrei de você ao ouvir Cássia Eller e lembrei de você rindo de mim quando chorei por causa da morte precoce dela. E também lembrei das suas palavras ao telefone, me dizendo que eu não poderia simplesmente riscar as pessoas da minha vida, que você não permitiria, mas na verdade quem se riscou foi você mesmo quando me mostrou quem era de verdade, sua maldade, falta de honra e caráter fizeram isso....eu só encerrei o que você havia começado. E adivinha só! Eu tenho que te agradecer muito, pois você me ensinou a riscar da minha vida quem me faz mal. E até hoje é isso que faço quando alguém me faz muito mal e infeliz. Eu risco da minha vida.
E o amor que eu sentia se desfez no tempo... Eu não poderia continuar ao seu  lado como amiga, pois amigos não usam, manipulam ou fazem mal ao outro. Nunca fomos amigos, pois amizade requer consideração e respeito....

Não sei se este hábito será pra sempre, pois o pra sempre, sempre acaba, mas sei que você por enquanto está banido da minha vida. Não quero que continue me ligando pra perguntar se e com quem estou namorando. Quero que me esqueça e siga feliz com sua vida, longe de mim!