domingo, 21 de julho de 2013

O 1° Dia Do Resto Da Minha Vida

"Espero que minha partida seja feliz, e espero nunca mais regressar".  Frida Kahlo 


A Coluna Partida, 1944, Frida Kahlo

  Recentemente vi um documentário e li um pouco sobre a vida e arte desta mulher intrigante que foi Frida Kahlo e essa última frase dela simplesmente não sai da minha cabeça, pois é simplesmente o pensamento e sentimento que tenho sobre o fim, já que é mesmo inevitável para todos, que pelo menos seja pra sempre! Ela viveu com dores intensas, mas não permitiu que isso a parasse ou impedisse de viver e isso me inspirou e muito!

Quem nunca teve que viver com uma dor aguda, crônica que parece que vai te dividir no meio não imagina como isso pode afetar as coisas mais simples do dia a dia, como pensar e sentir ou manter o pensamento positivo. Eu era até há poucos dias atrás o tipo de pessoa que não conseguia raciocinar direito com dor, acabava entendendo tudo errado e respondendo tudo errado rsrs, mas hoje acordei e resolvi dar um basta nisso, pois estava começando a afetar meu trabalho e eu não quero tirar licença médica de novo não. Nos últimos meses vivi assim de acordo com o que a dor ditava, sem conseguir pensar ou sentir direito, mas hoje o reinado da dor na minha vida acabou! Guilhotinei a cabeça da mesma e reassumi o controle da minha vida! Declaro que hoje é o 1º dia do resto da minha vida, hoje eu recomeço diferente, ainda não decidi voltar ao médico, mas isso fica pra decidir depois, hoje eu celebro o início de uma nova vida, nova atitude frente as vicissitudes! Resiliência mode on!


Árvore da Esperança, Mantem-te Firme!, 1946, Frida Kahlo, Óleo sobre tela
Não, dor, você não vai mais me impedir de ser quem eu sou, não vai mais me dominar, me paralisar, me impedir de viver e fazer o que eu quero, ser feliz e acreditar que ainda vale a pena. Durante muito tempo você me disse o que fazer, comer, evitar e afastar de mim, mas agora você não dita mais as regras por aqui! Você me ouviu? Basta!!
Não importa se estou sozinha nessa guerra, não importa quantos me abandonaram ou decepcionaram, não importa se não faz diferença para ninguém, não importa as mentiras que ouvi e ainda ouvirei, não importa a crueldade desse mundo, o que importa é que eu me levantei e estou partindo com tudo pra luta e dela só saio com a vitória ou morta! Nenhum túmulo vai segurar meu corpo!! I'm back baby!!
Por mim mesma!
Ahuuuul!!
Beijos Queen Size,
Kcal GorDivah