sexta-feira, 29 de março de 2013

Para ele gorda não serve para ser namorada

Fora do quarto dela, ele não a tratava de forma especial, diferente das outras garotas, mas no quarto, chorando no colo dela a cada briga que tinha com as novas namoradas ele reconhecia como ela era especial e indispensável na sua vida...a cada dia essa admiração, ligação crescia, passavam mais tempo juntos, direto da escola para a casa do outro, mal podiam esperar para passar o dia inteiro juntos, mesmo que fosse só para ficar mudo vendo um filme, curtir um cd novo, ou aquele especial das bandas preferidas de ambos na MTV, fazer guerra de travesseiros, rir assistindo desenhos, sabotar o drink um do outro apenas para brincar. Só se desgrudavam quando ele ia para a casa da namorada dele...ela não tinha percebido ainda, mas estava prestes a descobrir que neste mundo ela não serviria para muita gente...

Ela servia para virar a noite jogando RPG, ela servia para ouvir a música nova que ele compôs, aprender as letras e vibrar no ensaio da banda dele como se estivesse no show de sua banda preferida porque para ela, a banda dele era a sua preferida,ela servia para visitar a avó dele apenas para saber se ela estava bem devido a recente viuvez, ela servia para abraça-lo e dizer para nunca desistir de seus sonhos quando a namorada achava que ele deveria ser outra pessoa e desistir dos sonhos que para ela eram bobos, ela servia para brincar com o cachorro dele, aturar o irmãozinho dele tirando sarro da cara dela, ela servia para acompanhá-lo no violão cantando em plena madrugada, ela servia para dizer que ele era maravilhoso como era e não precisava mudar para provar nada para ninguém, ela servia para tomar um porre junto, sair sem rumo de madrugada só para curtir o silêncio das ruas, invadir o telhado do prédio vizinho só para ver o sol nascer, ela servia para fazê-lo se sentir bem, feliz e confiante, ela servia para aceita-lo como ele verdadeiramente era. Ela servia para dizer que tudo ia dar certo, consolar, proteger enquanto todos o atacavam e humilhavam. Ela servia para invadir aquela rádio de rock junto com ele em outra cidade, caminhar 3 km só para ajuda-lo a encontrar com a namorada, inventando mentira para os pais dela que haviam proibido o namoro. Ela servia para ser sua melhor amiga, mas não servia para ser sua namorada quando ele estava sozinho porque ela era gorda....

O tempo passou e ela emagreceu, então quando ele viu que todos o meninos da turma estavam interessados nela ele enfim enxergou nela uma mulher e não mais uma gorda, enxergou que sua melhor amiga era a mulher da vida dele....

Ele a perdeu para sempre e até hoje não entende porque ela não corre mais para seus braços para beijá-lo e abraça-lo após tanto tempo sem se verem e tantas dores de cotovelo divididas...ele não entende o motivo dela não ligar mais para ele....ele não entendeu porque ela resistiu quando ele enfim a beijou, ele não entendeu que por fora ela estava magra, mas por dentro era a mesma gordinha de sempre que entendia enfim que para ele, ela não servia.....pois aquilo não era amor, era paixão pelo corpo magro que ela enfim ostentava. E o que ela queria era amor verdadeiro e não passatempo. Ela teria sido dele para sempre, sem cobranças, julgamentos, ciúmes, picuinhas, nem imposições nem prisões, pois ela não acreditava nisso. Para ela amor, liberdade e confiança caminham sempre juntos. Ela acreditava que a base do amor era a amizade, o respeito, a cumplicidade, confiança, ver, reconhecer e aceitar a essência do outro, ela teria feito dele o homem mais feliz, amado e realizado do mundo, mas, para ele gorda não serve para ser namorada....

Desiludida ela pegou todo aquele amor e amizade de melhor amiga e guardou com carinho em um baú trancado que hoje está empoeirado, mas ainda guarda o seu precioso tesouro. Às vezes ela pensa em jogar fora a chave e esquecer do tesouro guardado, quando ela pensa nisso diz para si mesma, só por hoje, só hoje não vou pensar em jogar fora a minha chave, só hoje. E assim ela segue vivendo, esquecendo que o amor um dia bateu forte em seu peito, esquecendo que guardou aquele tesouro para aquele que um dia o merecer.




quarta-feira, 27 de março de 2013

Zumba - Opinião de uma iniciante

Enfim chegou meu tão esperado kit de Zumba da polishop. Devo confessar que fiquei meses cogitando, compro ou não? Mas, depois que pesquisei e vi depoimento de uma gordinha em um blog, resolvi experimentar as aulas gratuitas que estão disponíveis no YouTube. Passei de desconfiada a fã, mexe realmente com seu corpo todo e te dá muita energia e disposição.



As aulas são feitas com coreografias e ritmos do mundo todo. Para quem quer largar o sedentarismo e se divertir ao mesmo tempo eu recomendo. E não precisa saber dançar, o ritmo te ajuda a mexer, remexer, requebrar tudo rsss!!

As aulas de Zumba que fiz antes de comprar o kit estão aqui no blog:

http://superultramegablasterplussize.blogspot.com.br/p/dicas.html

Eu estou começando e recomendo, cansa muito, mas, te dá uma sensação tão gostosa depois que vale a pena, estou mais disposta, com mais energia e com menos sono.

Bjs, fofíssimos até a próxima.


domingo, 24 de março de 2013

Se Você + Gorda ou Obesa = Feia, então podemos dizer que Você = Preconceituosa

 
 
 
Para sobreviver como obesa neste mundo é preciso não apenas ter um sol dentro de si para dissipar as nuvenzinhas negras que nos perseguem, mas bancar o sol mesmo! Pode estar caindo o temporal que for, o sol não se abala, continua brilhando forte, intensamente, grandiosamente. O mundo pode não ver, sentir, mas, ele está lá brilhando. É fácil? Não!! É uma questão de sobrevivência.
 
Eu senti na pela os efeitos da baixa auto estima há muito tempo trás, o que me levou quase à morte por causa da anorexia e bulimia, cheguei a um ponto em que meu organismo rejeitava a comida, nada mais parava em meu estômago, meu coração não funcionava direito.....um verdadeiro inferno que me fez perder 30 kg e ficar magra, mas, não valeu a pena sacrificar minha saúde para provar ao mundo que eu conseguiria emagrecer. Continuei sendo a mesma pessoa, mas, consegui ver um outro lado do mundo e pessoas que me deu NOJO...os amigos que me adoravam, conversavam horas a fio, dos quais eu era confidente de repente começaram a cercar, dar em cima...e isso me entristeceu, pois me sentia como um pedaço de carne sendo oferecida aos cães. Antes eu não servia porque era gorda, mas magra eu servia?!! Fora as cobranças, sim, parecia que estava sendo espionada o tempo todo:
 
" - Olha não vá engordar de novo hein! Você está tão linda vê se não engorda hein! Você vai comer isso? Tem certeza?"

Minha vontade era mandar todo mundo pastar! E nisso não comia quase nada, só bebia, me drogava e fumava muito. Perdi minha saúde e plantei um câncer que me atacaria anos depois.
 
E nesse processo todo descobri que pro mundo nada nunca é o bastante. Então decidi que nunca mais sacrificaria minha saúde por nada nem ninguém. Ganhei muito peso novamente após a morte de alguém que eu amava muito e mais peso depois do diagnóstico de câncer, pois comi tudo que tinha vontade, tudo mesmo. Há momentos na vida em que você tem que simplesmente fazer o que você quer fazer e se desligar da opinião dos outros. E caso eu morresse pelo menos teria provado o whooper furioso do BK!!! KKKKKKkkkkkk....mas Deus fez um milagre na minha vida e me curou do câncer, quando o resultado da 2a cirurgia saiu não havia mais sinal do câncer!!
 
Depois de tudo isso, mais do que nunca, me transformei em um raio de sol que insiste em brilhar e passar nem que seja por uma brechinha através da escuridão. Mas como praticar isso no dia a dia?
 
Primeiro passo
 
Você precisa se desnudar dos próprios preconceitos e parar de se enxergar através dos olhos dos outros. Fazer uma faxina geral, mental, psicológica, enterrar traumas, desfazer o ninho de pensamentos ruins de sua mente.
 
Segundo passo
 
Procure se conhecer melhor, se mimar, cuidar, embelezar. O que te faz sentir confiante e bonita?  Uma roupa que você adora? Cuidar do cabelo? Pode ser qualquer coisa, mas faça isso com mais frequência e olhe para si mesma nesse momento. Veja sua beleza real, sua confiança e alegria.
 
Terceiro passo
 
O escudo defletor rsss...... Você precisa entender de uma vez por todas que a opinião dos outros não te define! A imagem que o mundo tem de você não determina quem você é, sua essência, postura, ações e reações sim! Renove sua mente e se for o caso redefina quem você é. E depois disso se fortaleça gostando cada vez mais da pessoa em que se transformou. E aí amiga, quando o lado negro da força atacar, seus escudos defletores darão conta do recado.
 
O ataque clássico:
 
- Poxa seu rostinho é tão lindo...(por quê não emagrece)?
 
 
Sugestões para você se inspirar:
 
- Tscs..tsc....eu sei que você quer ser legal comigo e talz, mas, o que você está fazendo é muito deselegante e desagradável, com licença por favor.- E pronto vai embora e deixa apessoa falando sozinha....
 
- Antes da pessoa continuar depois do lindo, interrompa e diga; - e todo o resto também amiga, eu sei. Você é uma fofa por reconhecer a minha beleza. Fortaleceu minha auto-estima amiga. Obrigada.
 
- É pra responder? Isso foi um elogio ou uma ofensa?
 
- Porque eu já sou toda linda!
 
- Meus fãs não aprovariam isso.
 
Adorei a útlima, essa é inédita, ainda não usei.
 


sábado, 23 de março de 2013

Aniversário

Este mês faz um ano de minha segunda cirurgia por causa do câncer e 1 ano que Deus me presenteou com um milagre. Ano passado nesta mesma data eu estava internada no hospital, presa a uma cama, sem poder levantar, comer, beber ou dormir. E nunca quis tanto estar em outro lugar enquanto eu estava lá. Sinto como se tivesse nascido de novo, mas, com muito mais vontade de viver e muito mais feliz!





















Esta semana será de celebração! E para comemorar mudei meu look...
Obesa com saúde e extraordinariamente feliz!!!!!!

quarta-feira, 20 de março de 2013

terça-feira, 19 de março de 2013

Risco de Morte

Quarto em que passei a pior semana da minha vida!
Primeiro post em blog novo...friozinho na barriga, bem vamos lá, sei que este blog é basicamente para mim, mas se algum dia ajudar alguém, isso terá sido o bastante.
 Este mês eu comemoro um ano de vitória sobre o câncer e o início de uma vida próxima do normal, pois ainda tenho algumas limitações. A cura do câncer foi um presente de DEUS para mim, mas mesmo tendo vencido, estou sendo obrigada a emagrecer pelo meu cirurgião, pois meu câncer foi no intestino(descoberto em uma cirurgia de emergência de apêndice) e é o que chamam de tumor neuroendócrino, provocado por excesso de peso de acordo com os médicos....ouvir que tive câncer porque era gorda me deu muita raiva, achei exagero, deu vontade de levantar e ir embora, mas precisava atacar o câncer né...então fiquei e decidi passar pela segunda cirurgia....ouvi do médico que caso eu não emagreça ele terá que realizar uma cirurgia bariátrica em mim após receber alta do acompanhamento por causa do câncer!

Nisso minha revolta aumentou, eu só conseguia pensar "eu NÃO quero reduzir meu estômago!!!!Ele tá doido?! Onde já se viu, tive câncer porque sou gorda...nazista!!" Fiquei 1 ao me recuperando da cirurgia, tiraram parte de meus intestinos, todos os linfonodos do abdômen, religaram meu intestino....e nisso tive 1 longo ano de recuperação com muitas limitações. E agora q quase 1 ano se passou, eu já consigo começar a me mexer e estou muito feliz!!

Não quero ficar magricela, mas perder o suficiente para escapar dessa cirurgia e não voltar para o sedentarismo nunca mais. Eu me amo sendo super obesa, mesmo que ninguém reconheça minha beleza eu  me amo e sei reconhecê-la.

Minha proposta neste blog é expor meus sentimentos, pensamentos e dicas neste processo doloroso que iniciei e não atacar os gordinhos que tanto amo. Que isso fique bem claro, sou super obesa, peso atualmente 140kg, já queimei 5kg e isso não me faz feia!